Soltando a voz

No próximo domingo serão entregues os prêmios da maior festa do cinema mundial. Como uma boa apaixonada pela sétima arte sempre aguardo pela cerimônia do Oscar com ansiedade e geralmente torço e me divirto bastante. Mas como nem tudo são flores é comum acontecerem alguns episódios um tanto desagradáveis e algumas injustiças que tiram a gente do sério.  E uma das maiores polêmicas da história recente da premiação  aconteceu no ano de 2005.

jorgedrexleroscarafp600_115752
Drexler nos bastidores do Oscar 2005

Pela primeira vez uma música em espanhol tinha sido indicada como melhor canção original.  Se tratava de “Al otro lado del río”, composta e cantada pelo cantor uruguaio Jorge Drexler para o filme “Diários de Motocicleta do diretor Walter Salles.  Tinha tudo para ser uma apresentação  histórica e emocionante.  E tenho certeza que teria sido se os produtores do evento tivessem permitido que Jorge Drexler cantasse, mas ao invés disso resolveram chamar o músico Santana e o ator Antonio Banderas para subirem ao palco e interpretarem a canção, com a justificativa de que eram nomes mais conhecidos do que  Drexler. A escolha gerou muitas críticas na época e um constrangimento muito grande.  Mas o cantor uruguaio soube dar um drible em toda essa situação:  Ao ser anunciado como vencedor pelo saudoso Prince ele resolveu cantar ao invés de discursar e finalmente pôde soltar a voz dando uma resposta ao preconceito dos organizadores de forma brilhante.

Confira como foi esse momento único no link abaixo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: