Homenagem a la reina

Ela que desde os 12 anos compunha canções que nos ensinavam a superar as perdas e seguir em frente, nos deixou, na última semana, sem saber como nos acostumar com sua ausência. O blog não poderia deixar de homenagear a rainha da sofrência, Marília Mendonça, que cruzou as fronteiras do Brasil levando seu carisma e talento por onde passou. No link abaixo, você poderá curtir um vídeo curto dela cantando em espanhol a música “Yo no sé mañana”, do nicaraguense Luis Henrique.

Repare como sua voz é linda em qualquer idioma 🌹

Fonte: Youtube

Marielle presente!

Em cada mês de março o Brasil e o mundo voltam os olhos para o Rio de Janeiro, onde Marielle e seu motorista Anderson foram brutalmente assassinados. Seus algozes tentaram silencia-la, mas sua voz segue ecoando em todo o planeta cada vez que uma menina ou mulher decide exercer seu direito à fala.

Todos os anos, desde a sua partida, a vereadora recebe inúmeras homenagens, além de pedidos de justiça. No último dia 14, quando o crime completou 03 anos, ainda sem elucidação, Marielle recebeu um importante tributo, em uma das principais cidades latinas, Buenos Aires. A estação “Rio de Janeiro” do metrô da capital Argentina inaugurou uma placa em homenagem à vereadora brasileira.

Placa em homenagem à parlamentar brasileira, na capital Argentina – Divulgação

A placa será permanente e foi homologada pelo governo por iniciativa da deputada Maria Bielli, do Frente de Todos (partido do presidente Alberto Fernández). Marielle terá um espaço permanente na estação, que deve incluir um código QR onde os visitantes poderão conhecer um pouco mais da história da vereadora brasileira.

Homenagem no Brasil

No mesmo dia, autoridades e parentes de Marielle  também inauguraram uma placa em homenagem à vereadora em frente à Câmara Municipal, no Centro do Rio de Janeiro. A placa é idêntica à utilizada na identificação de vias e praças da capital fluminense.

Na placa, há as seguintes frases: “Mulher negra, favelada, LGBT e defensora dos direitos humanos. Brutalmente assassinada em 14 de março de 2018 por lutar por uma sociedade mais justa”.

Fonte: G1

Blog no WordPress.com.

Acima ↑