Desde esta noche

Nada melhor quando dois artistas que a gente curti muito se unem para fazer um dueto não é?  Numa dessas voltinhas pelo youtube me deparei com um encontro que muito me agradou: A rainha do Pop Latino, Thalía, com a sensação do momento, o colombiano Maluma.  Os dois gravaram juntos a música “Desde esta noche”. O single faz parte de “Latina” – 13º álbum de estúdio da cantora mexicana lançado em 6 de Maio de 2016 pela gravadora Sony Music Latin.

 

Confira abaixo a versão ao vivo de “Desde esta noche”:

 

Despacito pelas canchas

Sabe aquelas músicas que grudam como chiclete? Que uma vez que você escuta já cola no ouvido? Despacito com certeza se enquadra nesse perfil. Eu particularmente fiquei muito feliz pelo sucesso grandioso dessa música, especialmente por terras brasileiras, afinal, os ritmos latinos, infelizmente, não são tão divulgados por aqui como deveriam, e o hit de Luis Fonsi e Daddy Yankee  está ajudando a popularizar nossa amada e linda língua espanhola,  pelo Brasil e por todo o mundo.

Billboard Latin Music Awards - Show
A canção interpretada  por Luis Fonsi e Daddy Yankee  é a primeira  em  língua espanhola a  conquistar o primeiro  lugar nas paradas mundiais após mais de  20 anos.  Imagem – Reprodução –  Internet.

Despacito é a música latina que  mais ultrapassou fronteiras nos últimos tempos e chegou a  atingir a liderança da Billboard, a principal parada de músicas norte-americanas.  A última música latina a alcançar esse cobiçado posto foi Macarena em 1996.

O sucesso do hit é tão grande, que ultrapassa não somente as fronteiras entre os países, mas também os limites do universo dos espetáculos  e invadiu também o terreno esportivo. Despacito caiu no gosto de inúmeras torcidas de futebol pela América Latina: Torcedores do San-Lorenzo e River Plate da Argentina fizeram uma versão da música para cantar nos estádios.  A torcida do Peñarol também já tem sua variante do sucesso.

E como não podia deixar de ser, a onda chegou também ao Brasil.  Torcidas de Flamengo e Grêmio também já tem  suas versões para o hit.

Bem que a ideia poderia continuar se espalhando pelos arquibancadas né?   A ideia já tem minha torcida 😀

Sob a batuta delas

Você já foi em uma orquestra regida por uma mulher? Provavelmente a resposta pra essa pergunta deve ser negativa, porque esse posto geralmente é ocupado por figuras masculinas. Mas apesar de ainda serem minoria, as mulheres vem conquistando espaço de destaque na música clássica.

Um exemplo é o da maestrina Ligia Amadio. A brasileira foi convidada para dirigir a orquestra Filarmônica de Montevidéu em 2017, se tornando a primeira mulher a ocupar o cargo.

Ligia
Brasileira assume comando de orquestra Filarmônica de Montevidéu Imagem – Estadão

“Estou absolutamente entusiasmada e com a perspectiva de estar convivendo com esta maravilhosa orquestra e com o público uruguaio, que adoro, e muito motivada com as perspectivas artísticas de nossa programação”, disse Ligia à imprensa após ser apresentada.

Segundo a nova diretora, a próxima temporada concederá um lugar “privilegiado” para os músicos uruguaios.  A orquestra oferecerá ao longo de 2017 um total de 39 concertos, entre os quais haverá vários em igrejas e ao ar livre seguindo uma proposta do governo local de tornar a música clássica mais acessível.

“Todo o público tem o direito de escutar a Filarmônica e a música clássica. As pessoas às vezes dizem que não gostam de música clássica porque não conhecem, porque não têm a oportunidade de conviver com este gênero musical”, analisou a maestrina.

Amadio, que já trabalhou no Uruguai à frente da orquestra do Auditório Nacional, conta com experiência em outros países da América,  além de  Europa e na Ásia.

No final do ano passado, Ligia participou do primeiro Simpósio de Mulheres Regentes em São Paulo, quando renomadas maestrinas do mundo inteiro se reuniram pra trocar experiências e debater melhorias para as carreiras das musicistas em geral.

Confira mais detalhes sobre o evento assistindo a reportagem  do canal “Música e Sociedade” no link abaixo:

 

Blog no WordPress.com.

Acima ↑